34% da população portuguesa faz compras pela net

Em Portugal, 34% da população faz compras pela internet – 2017
Sociedade da Informação e do Conhecimento – Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Famílias
21 de novembro de 2017

Em 2017, 34% da população residente com idade entre 16 e 74 anos referiu ter utilizado a internet para fazer encomendas de produtos ou serviços; este valor mais do que duplica face ao início da década (15%, em 2010). Apesar do expressivo aumento, a proporção de pessoas que, em Portugal, efetuaram compras pela internet mantém-se significativamente abaixo da média da UE-28 (menos 24 pontos percentuais em 2016).
Em 2017, 77% das famílias portuguesas têm acesso à internet; 76% acedem por banda larga.
O acesso à internet em casa é mais frequente nas famílias residentes na Área Metropolitana de Lisboa (86%) e nas famílias com crianças (97%).
A utilização desta tecnologia encontra-se hoje generalizada para os estudantes, os jovens até 34 anos e as pessoas que concluíram o ensino superior.
No ano em análise, 79% dos utilizadores de internet acedeu à rede em mobilidade, usando principalmente smartphone (76%).
A taxa de utilização da internet para preencher e enviar impressos oficiais é de 42% em 2017, mais 6 p.p. do que em 2010.

Continua a aumentar o número de famílias com acesso à internet em casa através de banda larga De acordo com os resultados do Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias realizado em 2017, 77% dos agregados familiares em Portugal têm ligação à internet em casa, proporção superior à obtida em 2016 em cerca de 3 pontos percentuais (p.p.). A ligação é, para a quase totalidade destes agregados, feita através de banda larga. A maioria das famílias com crianças tem acesso à internet em casa. Os níveis de acesso à internet em casa e, em particular através de banda larga, continuam em 2017 a apresentar-se mais elevados nas famílias com crianças até 15 anos: 97% têm acesso à internet em casa e 96% fazem-no através de banda larga. A ligação à internet em casa é mais frequente nas famílias residentes na Área Metropolitana de Lisboa É na Área Metropolitana de Lisboa que mais famílias têm ligação à internet em casa em 2017, apresentando proporções de acesso superiores em 9 p.p. à média nacional: 86% têm acesso à internet e 85% acedem através de banda larga. Em contrapartida, tal como nos anos anteriores, as famílias sem crianças registam em geral níveis de acesso mais reduzidos: 70% referem ter acesso à internet em casa, sendo este realizado através de banda larga.

A proporção de utilizadores da internet aumentou 4 p.p. e é agora superior à percentagem de utilizadores de computador.

error: Este conteúdo está protegido!